6 de jan de 2015

Herança

As melhores coisas que minha mãe me deixou são o Evangelho e a educação até os oito anos. No dia primeiro de janeiro de 2015 completou 22 anos que ela partiu para o Senhor. Não escrevo para lamentar sua ausência, mas para celebrar o bom tempo que tive.

Sobre a educação há muitos fatos interessantes, mas um deles é que certa vez apresentei para a Dona Mariana um desenho meu junto com o desenho de um amigo e era bem clara a superioridade de meus traços. Como qualquer criança maldosa eu perguntei:

-Qual é o melhor?

Minha mãe não titubeou:

-É esse. - Afirmou séria apontando para o desenho de meu amigo. 

Não precisei de nenhum esforço para entender a lição naquele exato momento. 

Já ouvi que o caráter de um ser humano é formado até os oito anos e graças a Deus tivemos minha mãe até eu ter essa mesma idade.



Anos mais tarde tive ainda notícias, por exemplo, de que minha mãe fora batizada no Espírito Santo enquanto eu amamentava e isso me alegrou bastante. Isso só nós, os crentes malucos, entendemos. Também lembro da devoção que minha mãe tinha em suas orações por horas enquanto eu brincava ao seu lado e isso é como um alimento para minha fé.


Amo ir à Igreja com minha família e espero também deixar a melhor herança para minhas filhas. Lembrando, para reflexão, que em casa não há como usarmos máscaras e nossa família sabe exatamente quem somos.

Abaixo a linda canção Herança do CD Mais, dos Arrais:




Nenhum comentário:

Postar um comentário